Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Templo de Cura

Templo de Cura

O Reiki não é uma “moda”


templodecura

07.04.08

O Reiki não deve ser visto como uma “moda” da Nova Era porque a origem desta técnica perde-se na memória dos tempos. Simbologia utilizada hoje pelos praticantes com o segundo nível, foi encontrada em antigos monumentos, no Egipto, México e Peru. Sabe-se que foi utilizada no Tibete e que os povos da América pré-colombiana também a conheciam.

O Reiki permite reequilibrar o sistema energético, que por sua vez influência os sistemas físico, emocional e mental.

Para os que apenas querem receber tratamento é transmitido pela imposição das mãos em vários pontos do corpo, Para os que o querem aprender é transmitido por iniciação.

A iniciação é constituída por um conjunto de operações energéticas com o fim de reequilibrar as energias da pessoa, sintonizá-la com determinadas frequências da energia de cura e elevar as frequências e níveis de energia que nela flúem. Na iniciação é também ensinado como utilizar essas energias.

A aprendizagem do Reiki é feita de forma progressiva. Assim, uma pessoa só depois de integrar as energias de um determinado nível é que pode receber a iniciação do nível seguinte.

Os diferentes níveis de Reiki apenas existem porque é necessário um determinado tempo entre as iniciações para que o ser humano se habitue aos níveis de vibração que vão sendo mais elevados, à medida que se vai avançando.

Como as iniciações são energéticas, as alterações que se verificam no nível do fluxo de energia de cada pessoa só devem ser feitas gradualmente.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D