Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Templo de Cura

Templo de Cura

O Reiki não é uma “moda”


templodecura

07.04.08

O Reiki não deve ser visto como uma “moda” da Nova Era porque a origem desta técnica perde-se na memória dos tempos. Simbologia utilizada hoje pelos praticantes com o segundo nível, foi encontrada em antigos monumentos, no Egipto, México e Peru. Sabe-se que foi utilizada no Tibete e que os povos da América pré-colombiana também a conheciam.

O Reiki permite reequilibrar o sistema energético, que por sua vez influência os sistemas físico, emocional e mental.

Para os que apenas querem receber tratamento é transmitido pela imposição das mãos em vários pontos do corpo, Para os que o querem aprender é transmitido por iniciação.

A iniciação é constituída por um conjunto de operações energéticas com o fim de reequilibrar as energias da pessoa, sintonizá-la com determinadas frequências da energia de cura e elevar as frequências e níveis de energia que nela flúem. Na iniciação é também ensinado como utilizar essas energias.

A aprendizagem do Reiki é feita de forma progressiva. Assim, uma pessoa só depois de integrar as energias de um determinado nível é que pode receber a iniciação do nível seguinte.

Os diferentes níveis de Reiki apenas existem porque é necessário um determinado tempo entre as iniciações para que o ser humano se habitue aos níveis de vibração que vão sendo mais elevados, à medida que se vai avançando.

Como as iniciações são energéticas, as alterações que se verificam no nível do fluxo de energia de cada pessoa só devem ser feitas gradualmente.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D